quinta-feira, 26 de junho de 2008

Entrando (em contato) com a Rosca...

Nota: Esse é uma mensagem que recebi de Rosca, via Orkut.

Interessados em saber como chegou até mim, cliquem aqui: Estranha mensagem da Rosca.


----------------------------------------------

Existem duas coisas que gosto mais do que de pinga, e uma é Carolina e a outra é Profiterólis. Trabalho há anos em uma padaria mixuruca num lugar aí. Sempre fui o padeiro responsável pelo processo de preparo dessa que para mim é uma iguaria sem igual. Fazia com tamanho afinco que todo dia dava uma desculpa a meu patrão que tinha errado na mão para poder pagar o prejuízo e levar minhas Carolinas pra casa.

Tudo ia bem, até que um dia eu passei mal durante o final da produção. Foi quando soube que não poderia mais comer Carolinas, tinha ficado com diabetes. Então, meu chefe, um português burro, fez o favor de vender os MEUS DOCES a um baixote cheio de marra que passou por lá. Foi aí que começou meu problema!

Eu não podia comer meus doces, mas em nenhum momento deixei alguém comer.

Queria parar de fazer Carolinas, por sinal, se eu não podia comê-las, porque uma pessoa com metade da minha altura comeria? Tudo naquele baixote me irritava, principalmente um fato: o cavanhaque. Além de comer minhas Carolinas, tinha um cavanhaque como nunca terei! Eu tenho a cara mais lisa que bundinha de bebê, e sempre quis me lambuzar com o chocolate de minhas Carolinas, mas nunca pude.

Querer e poder são coisas distintas, e meu chefe mandou-me continuar produzindo os doces. Fiz. Mas continuei meu hábito tradicional. Esse homem tentou diversas vezes das mais variadas formas comprar mais de meu doce, mas me desdobrei em vários, dei dinheiro aos meus ex-companheiros de trabalho, para evitar que surrupiasse o que era meu por direito!

"Para que tanto doce, tu não podes comer, gajo!", perguntava meu patrão, mas eu não me importava. Tenho um quarto com quinhentos quilos de Carolinas estocadas pro caso de falta de Carolinas no mundo. Se estão vencidas ou não, é apenas um detalhe.

Eu já tratava pessoalmente do caso: sempre lhe negava as Carolinas. Até que um dia desses ele conseguiu comprar as Carolinas, meu patrão descobriu meu engodo e fui demitido por causa desse post no blog desse baixote: Carolina - Parte I. E ver no final de tudo, como conseguiu ludibriar meus comandados apenas deu mais raiva.

Não apenas perdi o emprego, como meu doce. E ainda tive que vê-lo sorrir indo embora com exatas 550 gramas de meu precioso.

Voltei para casa e me preparei para a vingança. Graças a internet sabia o nome de meu inimigo: Rob Gordon.

Passei a visitar seu blog dia a dia, sempre esperando que cometesse um erro. Sempre. E quando vi que um tal de Champ havia se desentendido com Rob em um momento de distúrbio, eu dei o bote. Com Champ de ego ferido foi fácil convencê-lo a me passar a senha do computador que Jonas usa quando o Rob Gordon não está em casa. De posse da senha consegui invadir o computador com a ajuda de uma criança de dez anos (eu não consigo) e vi quando ela apareceu.

Não satisfeito degustar minhas carolinas ainda queria outra? Era demais! No dia e na hora marcada fui ao encontro dessa mulh (fim da mensagem)

----------------------------------------------

Infelizmente a mensagem chegou interrompida, sei lá porque. =/

O perfil dele é esse, mas desde que me mandou a mensagem, ele não responde mais.

Existem pontos tenebrosos, como:
- Não saber que quem levaria Carolina seria um Rodrigo e não o Rob (ou confude os dois como a mesma pessoa?);
- Parecer mais uma brincadeira de Jonas (ou do Champ), que deve ter informado essa Rosca completamente errado e agora uma inocente para o preço.
- É confusa a maneira como descreve tudo. Doentio, eu diria.

Se souberem a respeito da Rosca, que sumiu logo depois dessa mensagem, qualquer ajuda é válida. Se não basta Carolina sumir, agora some a Rosca.

A única coisa certa é que algo aconteceu com a Rosca.

13 comentários:

Tyler Bazz disse...

Agora a Rosca desapareceu, a Carolina continua sumida, o Rodrigo nao apareceu mais, o Cerqueira vai ter um colapso com a investigação, o filho da outra lá já deve tar nascendo, o Rob é um baixote de cavanhaque...

Tantos personagens, e eu me pergunto:

CADÊ o psiquiatra do Dragus?????

Bruna. disse...

Gêndideus
o outro conseguiu enfiar as carolinas na história da Carolina, com fake e tudo mais hahaha
adorei!

Dragus disse...

Segredo de tostines:

A Rosca está atrás de alguém ou alguém está atrás da Rosca?

teodorO disse...

putz!! até lembro da batalha travada pelo Rob pra conseguir as suas Carolinas ... mais pelo visto não era só ele o viciado por essa parada, então será que o Rob sabe quem é esse Rosca?? afinal ele até chego comentar desse confeiteiro que amarrava o tal doce pra ele, genteem!! Rob cuidado ele pode estar atrás de você agora!! e agorA???!!

Stephanie disse...

Será que Rosca raptou Carolina sob o camndo de Luiza para faze-la comer os doces vencidos até que ela ficasse imensa e sem atrativos como vingança pelo comportamento de Carol nos chats da vida????

Ou Rodrigo estará saboreando filé de Carol a essa horae nós aqui nos perguntando sobre um diabético maníaco?

Marcio Sarge disse...

Viciado em rosca de Carolina?????

MaxReinert disse...

E Dragus traz o nonsense total para a trama!!!

heheheheh

gisele disse...

Baah que horror!!coment pessoal:nunca comi profiterólis....

gisele disse...

Fico sem entender porque Carolina

Fábio Buchecha disse...

Agora não sei se tenho mais medo do Dragus ou do Max.

Dragus disse...

Eu tenho medo da Rosca.

Gilgomex™ disse...

Medo da Rosca??? Creio que isso classificaria vocês como "queima-roscas"...

Jota Fagner disse...

gostei da idéia do folhetim online.
Obrigado pela visita.